Garota inventa ter sido vítima de estupro coletivo, mas é desmascarada


Uma americana de apenas 18 anos está sendo acusada de relatar um #Crime falso para as autoridades dos EUA. Breana Harmon Talbot nasceu e vive em Deníson, uma cidade no famoso estado americano, Texas. A menina chegou desesperada dentro de uma igreja local sem roupa, com apenas roupas íntimas e ensanguentada, afirmando ter sido estuprada por três homens negros.

Seu noivo foi imediatamente às autoridades, relatar o desaparecimento de sua noiva momentos antes disso tudo acontecer. Samuel Hollingsworth encontrou o carro de sua noiva abandonado em um estacionamento onde estavam o celular de Breana e também os seus sapatos. Nenhuma pista da mulher havia sido localizada, além daquilo que seu noivo encontrou.


A garota foi contando tudo que supostamente havia acontecido com ela, dizendo que o grupo havia a sequestrado e colocado ela dentro de uma caminhonete onde levaram-na para um mato onde o estupro aconteceu.

Mas, a história teve uma reviravolta quando o exame de corpo delito foi realizado pelas autoridades. O resultado atestou que Breana não havia sido violada por ninguém. Foi aí que a mulher decidiu contar a verdad,e após ser pressionada por diversas pessoas. Brenae disse que foi ela mesma que se feriu mas, a jovem não quis revelar os motivos que fizeram-na mentir dessa forma assustando todo mundo. Além disso, a jovem pode responder criminalmente por ter inventando uma história tão bizarra assim, já que envolveu as autoridades americanas.

Leia Mais

Proxima
Anterior
Clique aqui para comentar

0 comentários: