Pastor abre igreja gay e questiona: ‘Onde está escrito que Deus não aceita a homossexualidade?’


Pastor disse que Deus não condena a Homossexualidade, e causa a maior polêmica com as igrejas do Brasil. Seu primeiro culto aconteceu dia 17 de maio de 2015, em um salão do Royal Center Hotel, em Belo Horizonte, MG.

“A teologia tem se modificado. As pessoas têm aberto mais o pensamento e visto que aquilo é um conceito histórico. Toda essa pregação (diz que) Deus não aceita a homossexualidade. Onde está escrito que Deus não aceita a homossexualidade?”, questiona o pastor.


Rodrigues diz que a salvação é feita pela misericórdia de Deus e que os pastores não podem apontar quem será ou não salvo. “Pastores se acham muito donos da verdade em poder falar ‘os gays não são salvos’, ‘os héteros são salvos’. Se nós somos salvos por misericórdia de Deus, não é o pastor que vai me falar se eu estou ou não em pecado”.



Leia Mais

Proxima
Anterior
Clique aqui para comentar

0 comentários: